Isenção de ICMS: Como solicitar para a minha empresa?

Isenção de ICMS: Como solicitar para a minha empresa?

O ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) é um tributo estadual que incide sobre a circulação de mercadorias e a prestação de serviços. Para algumas empresas, principalmente as enquadradas como Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP), existe a possibilidade de solicitar a isenção desse imposto, o que pode trazer benefícios significativos para o empreendimento. Neste artigo, vamos explorar o processo de solicitação de isenção de ICMS, fornecendo informações valiosas para ajudar você a entender os requisitos, os procedimentos envolvidos e os potenciais benefícios dessa isenção.

O que é o ICMS e por que buscar a isenção? 

O ICMS é um imposto estadual que incide sobre a circulação de mercadorias e a prestação de serviços, sendo uma das principais fontes de receita dos estados brasileiros. Ele é cobrado de forma indireta, ou seja, é repassado ao consumidor final por meio do preço dos produtos ou serviços.

Para algumas empresas, especialmente as ME e EPP, a isenção de ICMS pode ser vantajosa, pois reduz a carga tributária e aumenta a competitividade no mercado. Além disso, a isenção pode facilitar o cumprimento das obrigações fiscais e contribuir para a saúde financeira do negócio.

Requisitos para solicitar a isenção de ICMS 

Para solicitar a isenção de ICMS, é necessário atender a certos requisitos estabelecidos pela legislação estadual. Embora as exigências possam variar de acordo com cada estado, alguns critérios comuns incluem:

  • O enquadramento como Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP); 
  • Estar regular com as obrigações fiscais;
  • Ter atividades que se enquadrem em determinados setores ou atividades específicas;
  • Cumprir com os critérios de faturamento anual estabelecidos pela legislação.

Procedimento para solicitar a isenção de ICMS

O processo de solicitação de isenção de ICMS pode variar de acordo com cada estado, mas geralmente envolve os seguintes passos:

  1. Verifique os requisitos: Antes de iniciar o processo, verifique os requisitos específicos estabelecidos pela legislação estadual. Certifique-se de que sua empresa se enquadre nas condições necessárias para solicitar a isenção.
  1. Reúna a documentação: Prepare a documentação exigida para comprovar o enquadramento da sua empresa e as demais condições estabelecidas. Isso pode incluir documentos como o contrato social, comprovantes de regularidade fiscal, balanços patrimoniais, entre outros.
  1. Preencha o formulário de solicitação: Acesse o site da Secretaria da Fazenda do seu estado ou dirija-se pessoalmente a um posto de atendimento para obter o formulário de solicitação de isenção de ICMS. Preencha-o corretamente, fornecendo todas as informações necessárias.
  1. Entregue a documentação: Após preencher o formulário, reúna todos os documentos necessários e entregue-os na Secretaria da Fazenda do seu estado ou no órgão responsável pelo recebimento das solicitações de isenção de ICMS. Certifique-se de seguir as instruções específicas de cada estado em relação ao local e horário de entrega.
  1. Acompanhe o processo: Após a entrega da documentação, acompanhe o andamento do processo de solicitação. Em alguns casos, pode ser necessário aguardar a análise e a aprovação por parte da autoridade fiscal competente. Mantenha-se atualizado sobre o status da sua solicitação e esteja preparado para fornecer informações adicionais, se necessário.
  1. Receba a decisão: Uma vez que a análise da solicitação for concluída, você receberá uma decisão sobre a isenção de ICMS. Caso seja aprovada, você poderá usufruir dos benefícios da isenção. Em caso de indeferimento, verifique os motivos e, se possível, busque orientação especializada para avaliar possíveis recursos ou alternativas.

Veja também sobre: Isenção de IPI e ICMS | Quanto tempo leva o Processo?
Sobre prazo/tempo de espera, hoje, um processo da Receita Federal tem demorado até 72 horas para a sua análise. Já o de ICMS, pode demorar de um dia, até 3 meses em algumas regiões do país. Leia mais

Potenciais benefícios da isenção de ICMS 

A obtenção da isenção de ICMS pode trazer diversos benefícios para a sua empresa, como a redução dos custos operacionais, o aumento da competitividade no mercado, a melhoria da saúde financeira do negócio e a simplificação do cumprimento das obrigações fiscais. Além disso, a isenção pode proporcionar maior flexibilidade para investimentos e expansão do empreendimento.

 Quais as consequências de não solicitar a isenção de ICMS?

Quando se trata de empreendedorismo, é importante estar atualizado sobre as questões tributárias e fiscais do seu negócio. A isenção do ICMS é um benefício ao qual algumas empresas podem ter direito, mas caso não seja solicitada, pode acarretar em problemas como autuações, multas e até mesmo ações judiciais. Neste post, vamos entender melhor sobre as consequências de não solicitar a isenção de ICMS e como garantir que a sua empresa esteja em conformidade com as leis fiscais brasileiras.

A não solicitação da isenção de ICMS quando a empresa possui direito pode acarretar algumas consequências negativas, tais como:

  • Maior carga tributária: O ICMS é um imposto que incide sobre a circulação de mercadorias e serviços, e a sua não solicitação de isenção resultará na obrigação de recolher esse imposto. Isso significa que a empresa terá que arcar com o pagamento do ICMS normalmente, o que aumentará sua carga tributária e impactará seus custos operacionais.
  • Perda de competitividade: Ao não usufruir da isenção de ICMS, a empresa pode ficar em desvantagem em relação aos concorrentes que conseguiram obter a isenção. Isso ocorre porque a carga tributária mais elevada torna os produtos ou serviços mais caros, o que pode dificultar a competitividade da empresa no mercado.
  • Dificuldades financeiras: O pagamento do ICMS sem a isenção pode representar um ônus significativo para as finanças da empresa, principalmente se ela estiver passando por dificuldades financeiras. O não aproveitamento da isenção pode comprometer o fluxo de caixa, reduzir a capacidade de investimento e aumentar os níveis de endividamento.
  • Descumprimento da legislação: Se a empresa tem direito à isenção de ICMS e não a solicita, estará descumprindo a legislação tributária. Essa situação pode acarretar em penalidades e multas por parte do fisco estadual, além de possíveis problemas legais.
  • Perda de oportunidades de negócio: A isenção de ICMS pode trazer benefícios não apenas em termos de redução de custos, mas também na realização de transações comerciais. Por exemplo, empresas que possuem isenção de ICMS podem ter vantagens ao participar de licitações públicas ou ao firmar contratos com outras empresas que exijam a comprovação da isenção fiscal.

Portanto, é essencial que as empresas avaliem cuidadosamente sua elegibilidade para a isenção de ICMS e, se qualificadas, façam a solicitação adequada. Isso contribuirá para uma gestão financeira mais eficiente, maior competitividade e cumprimento das obrigações fiscais de forma correta.

Como garantir que a minha empresa esteja em conformidade com as leis fiscais brasileiras?

Para garantir que a sua empresa esteja em conformidade com as leis fiscais brasileiras em relação ao ICMS, é fundamental adotar algumas práticas e procedimentos adequados. Veja a seguir algumas medidas importantes a serem consideradas:

  1. Conheça a legislação: Familiarize-se com a legislação tributária relacionada ao ICMS. Isso inclui a Lei Complementar nº 87/1996, que dispõe sobre o imposto, bem como as normas e regulamentações específicas de cada estado, uma vez que o ICMS é um imposto estadual.
  1. Mantenha-se atualizado: A legislação tributária está sujeita a constantes alterações e atualizações. Portanto, é essencial manter-se informado sobre eventuais mudanças e revisar regularmente as normas fiscais aplicáveis ao ICMS. Acompanhe as publicações oficiais, consulte advogados especializados ou utilize serviços de assessoria contábil para se manter atualizado.
  1. Tenha registros e documentos adequados: Mantenha registros e documentos precisos e organizados, incluindo notas fiscais, documentos de transporte, comprovantes de recolhimento do ICMS, entre outros. Esses registros são essenciais para comprovar a conformidade com as leis fiscais e podem ser solicitados em caso de fiscalização.
  1. Faça o correto enquadramento tributário: Certifique-se de que a sua empresa esteja devidamente enquadrada no regime tributário correto, seja ele Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real. Cada regime tem suas particularidades em relação ao ICMS, e estar no enquadramento adequado é fundamental para evitar problemas fiscais.
  1. Esteja atento aos prazos e obrigações acessórias: Cumpra os prazos estabelecidos para a entrega de obrigações acessórias relacionadas ao ICMS, como a Escrituração Fiscal Digital (EFD), a Declaração de Informações sobre Movimentação Econômico-Fiscal (DIMOF) e outras exigências específicas do seu estado. O não cumprimento dessas obrigações pode acarretar multas e penalidades.
  1. Conte com apoio profissional especializado: Considere a contratação de uma assessoria contábil ou de um contador especializado em legislação tributária. Esses profissionais têm conhecimento específico sobre as leis fiscais brasileiras e podem auxiliar na interpretação das normas, no cumprimento das obrigações fiscais e na identificação de possíveis riscos e oportunidades relacionados ao ICMS.

Em suma, garantir a conformidade com as leis fiscais brasileiras em relação ao ICMS requer conhecimento, atualização constante, organização e apoio profissional. Ao adotar essas medidas, você estará contribuindo para a conformidade fiscal da sua empresa e evitando problemas com as autoridades fiscais.

Conclusão 

Solicitar a isenção de ICMS para a sua empresa pode ser uma estratégia eficiente para reduzir a carga tributária e fortalecer a saúde financeira do negócio. No entanto, é fundamental conhecer os requisitos e seguir corretamente os procedimentos estabelecidos pela legislação estadual. Busque orientação profissional especializada para auxiliar no processo e garantir o cumprimento das exigências legais. A isenção de ICMS pode trazer vantagens significativas para sua empresa, promovendo o crescimento e a competitividade no mercado. Se precisar de ajuda não exite em entrar em contato!

BI4US

BI4US

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Olá!

Entre em contato e tire suas dúvidas.

× Em que posso te ajudar?